Início    Copas do Mundo    Alfabetos    Bibliotecas    Museus    Teatros    Biomas    Mapas    Contato   Radio

Região Centro-Oeste       Região Nordeste       Região Norte      Região Sudeste       Região Sul

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copa do Mundo de 1990 na Itália

Compartilhar

 

Pôster, Mascote e Logomarca da Copa do Mundo de Futebol de 1990 na Itália.

Copa do Mundo de 1990 na Itália

A Copa da Itália em 1990 é considerada a pior de todas. Detentora da menor média de gols e jogos sem a menor graça, incluindo a final com um magro 1 a 0, de pênalti, dos tricampeões alemães contra os argentinos.

O esquema tático dominante era a retranca, mesmo com a participação de craques como: Gullit, Van Basten, Maradona, Caniggia, Matthaeus, Roger Mila, Careca, Klinsmann e Voeller.

O Brasil só ganhou pela diferença mínima. Desde 66, o Brasil não fazia campanha tão medíocre.

Os jogadores de Camarões não tomaram conhecimento de Maradona e venceram os campeões mundiais por 1 a 0. A partida entre Camarões e Inglaterra foi considerada a melhor da Copa da Itália.

As boas surpresas da Copa foram Camarões e Colômbia.

Apenas as Copas de 70 e 90 tiveram nas quatro primeiras posições, quatro campeões mundiais. O curioso é que são consideradas a melhor e a pior Copa de todos os tempos.
Seleções
participantes: 24
Alemanha Ocidental | Argentina | Áustria | Bélgica | Brasil
Camarões | Colômbia | Coréia do Sul | Costa Rica | Egito
Emirados Árabes Unidos | Escócia | Estados Unidos | Espanha
Holanda | Inglaterra | Irlanda | Itália | Iugoslávia | Romênia
Suécia | Tchecoslováquia | União Soviética | Uruguai
Seleções estreantes: 3 (13%) - Costa Rica, Irlanda, Emirados Árabes Unidos

Brasil na Copa do Mundo de 1990

Delegação Brasileira: Taffarel, Jorginho, Ricardo Gomes, Dunga, Alemão, Branco, Valdo, Careca, Mozer, Muller, Mauro Galvão, Bismark, Silas, Romário, Acácio, Aldair, Bebeto, Renato Gaúcho, Mazinho, Ricardo Rocha, Tita e Zé Carlos, Técnico Sebastião Lazaroni.

Foi a campanha mais decepcionante desde 66. Com um esquema tático tímido, Sebastião Lazaroni não levou o Brasil além das oitavas-de-final. A equipe passou pela primeira fase com três vitórias magras em Turim: 2 x 1 sobre a Suécia, 1 x 0 contra a Costa Rica e Escócia.
Bastou uma jogada de Maradona, no final de Brasil x Argentina, para pôr Caniggia frente a frente com Taffarel, 1 x 0 e o Brasil estava fora.

Campeão da Copa do Mundo 1990

A final, a pior da história, foi uma revanche contra a Argentina. Vitória apertada por 1 a 0, graças a um pênalti (duvidoso) convertido por Brehme a seis minutos do fim deu a vitoria a seleção da Alemanha. Era a terceira final consecutiva dos alemães.

A vitória foi um prêmio para dois líderes: Franz Beckenbauer no banco e Lothar Matthaus em campo.
Foi uma das finais mais feias e violentas da história das Copas. O time argentino usou e abusou da "catimba" sul-americana para truncar o jogo. O zagueiro argentino Monzon foi expulso aos 19 minutos por jogo violento.

A Alemanha conquistava o seu tricampeonato, igualando-se ao Brasil e à Itália.

Tabela e jogos da Copa do Mundo 1990

Primeira fase:

Grupo 1 - Itália, Áustria, Tchecoslováquia, Estados Unidos
Grupo 2 - Camarões, Argentina, Romênia, União Soviética
Grupo 3 - Brasil, Suécia, Costa Rica, Escócia
Grupo 4 - Colômbia, Emirados Árabes, Alemanha Ocidental, Iugoslávia
Grupo 5 - Bélgica, Coréia do Sul, Uruguai, Espanha
Grupo 6 - Inglaterra, Irlanda, Holanda, Egito
Oitavas-de-final:
Camarões 0 x Colômbia 0
prorrogação: Camarões 2x1
Tchecoslováquia 4 x Costa Rica 1
Argentina 1 x Brasil 0
Alemanha Ocidental 2 x Holanda 1
Irlanda 0 x Romênia 0
prorrogação:0x0 - Pênaltis: Irlanda 5x4
Itália 2 x Uruguai 0
Espanha 1 x Iugoslávia 1
prorrogação: Iugoslávia 1x0
Inglaterra 0 x Bélgica 0
prorrogação: Inglaterra 1x0
Quartas-de-final:
Argentina 0 x Iugoslávia 0
prorrogação: 0x0 - Pênaltis: Argentina 3x2
Itália 1 x Irlanda 0
Alemanha Ocidental 1 x
Tchecoslováquia 0
Inglaterra 2 x Camarões 2
prorrogação: Inglaterra 1x0
Semifinais:
Argentina 1 x Itália 1                                                                                                                                        
prorrogação: 0x0 - Pênaltis:  Argentina 4x3
Alemanha Ocidental 1 x Inglaterra 1
prorrogação: 0x0 - Pênaltis:  Alemanha 4x3
Disputa pelo terceiro lugar:
Itália 2 x Inglaterra 1
Final:
Alemanha Ocidental 1 x Argentina 0


Eliminatórias: 106 seleções
Classificados automaticamente: Argentina (última campeã) e Itália (país-sede)
Sede: Itália
Campeão: Alemanha Ocidental - 3º título
Jogos: 52
Gols: 115
Média de gols: 2,21
Público: 2.517.348
Média de público: 48.411
Artilheiro: Salvatore Schillaci (Itália) - 6 gols

O Brasil na Copa de 1990 na Itália: Eliminado nas oitavas-de-final - 9º lugar
4 jogos | 3 vitórias e 1 derrota | 4 gols a favor e 2 gols sofridos | saldo de gols +2.
Curiosidades:

Roger Milla, 38, se tornou o mais velho jogador a marcar um gol na história das Copas.

O goleiro Walter Zenga, da Itália, bateu o recorde de minutos sem levar gol em Copas, do alemão Sepp Maier (475min, nas Copas de 74 e 78). Ficou 517min invicto, até a semifinal contra a Argentina (1 a 1).

A Copa da Itália de 1990 reuniu, pela primeira vez, todos os times campeões mundiais (na época, Uruguai, Brasil, Inglaterra, Itália, Alemanha e Argentina).

 

 

Copas do Mundo de Futebol

1930 - 1934 - 1938 - 1950 - 1954 - 1958 - 1962 - 1966 - 1970 - 1974 - 1978 - 1982 - 1986 - 1990 - 1994 - 1998 - 2002 - 2006 - 2010 - 2014 - uniformes usados pela seleção brasileira.

 

 

 

 

APRF.Turismo Contato - Mapa Site
Copyright © 2001. Todos os direitos reservados.
Revisado em: 14/11/14.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

Propaganda L3