Início    Copas do Mundo    Alfabetos    Bibliotecas    Museus    Teatros    Biomas    Mapas    Contato   Radio

Região Centro-Oeste       Região Nordeste       Região Norte      Região Sudeste       Região Sul

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copa do Mundo de 1998 na França

Compartilhar

 

Pôster, Mascote e Logomarca da Copa do Mundo de Futebol de 1998 na França.

Copa do Mundo de 1998 na França

Em 98, A França tornou-se o sétimo país campeão de Copas jogando em casa. A conquista foi justa, pois os anfitriões tiveram o melhor ataque, defesa e jogador.

 32 equipes participaram e 64 jogos foram disputados. Os oito grupos de quatro times cada um foram espalhados por toda a frança, entre os dez novos estádios. A partida inaugural e a final foram disputadas no esplêndido Estádio da França, construído recentemente, situado em Saint-Denis, ao norte de Paris.
A partir da Copa da França foi introduzido o Gol de Ouro, a equipe que fizer o primeiro gol na prorrogação vence a partida.
Seleções
participantes: 32
África do Sul | Alemanha | Arábia Saudita | Argentina | Áustria
Bélgica | Brasil | Bulgária | Camarões | Chile | Colômbia
Coréia do Sul | Croácia | Dinamarca | Escócia | Espanha
Estados Unidos | França | Holanda | Inglaterra | Irã | Itália
Iugoslávia | Jamaica | Japão | Marrocos | México | Nigéria
Noruega | Paraguai | Romênia | Tunísia
Seleções estreantes: 4 (17%) - África do Sul, Croácia, Jamaica e Japão

Brasil na Copa do Mundo de 1998

Delegação Brasileira; Taffarel, Cafu, Aldair, Júnior Baiano, Roberto Carlos, Dunga, César Sampaio, Rivaldo, Leonardo, Ronaldo, Bebeto, Carlos Germano, Gonçalves, André Cruz, Zé Carlos, Giovanni, Zé Roberto, Doriva, Denílson, Edmundo, Dida, Técnico Mário Jorge Lobo Zagallo.

O Brasil chegou empolgado à final, após uma boa campanha nas fases anteriores, mas a partida foi marcada pelo nebuloso acontecimento envolvendo o centroavante Ronaldo. Antes do jogo, ainda na concentração, Ronaldo sofreu uma convulsão e foi vetado para a partida. Uma escalação oficial foi divulgada com Edmundo no time titular. Levado ao hospital, nada foi constatado e Ronaldo pediu para ser escalado. O técnico Zagallo o atendeu.

O Brasil teve um susto logo na primeira rodada do Mundial, perdeu por 2 x 1 para a Noruega. Nada muito grave, já que a seleção já estava classificada para a segunda rodada, depois de vencer a Escócia por 2 x 1 e o Marrocos por 3 x 0.

Nas oitavas-de-final, foi a vez do Chile cair frente ao Brasil. 4 x 1, com dois gols de César Sampaio e dois de Ronaldo. Depois de passar pela Dinamarca na fase seguinte, por 3 x 2, a seleção chegou à semifinal, onde teve um confronto tenso e difícil com a Holanda, liderada pelo craque Denis Bergkamp.

Frente a 54 mil expectadores, que lotaram o estádio Velodrome, em Marselha, o Brasil encerrou o primeiro tempo com um gol de Ronaldo. Na etapa complementar, Patrick Kluivert igualou o marcador. A prorrogação terminou sem gols, nos pênaltis, deu Brasil, por 4 a 2. O caminho estava aberto para a segunda participação consecutiva do Brasil na final da Copa do Mundo.

A convulsão do "Fenômeno", defesa mais vazada, brigas e a maior derrota da seleção em mundiais, e na decisão, esses fatos marcaram a seleção brasileira.

Campeão da Copa do Mundo de 1998

Há 12 anos sem participar da competição, os franceses montaram uma ótima equipe. Liderada pela genialidade de Zinedine Zidane, os anfitriões conquistaram o inédito título ao bater o Brasil na final, por 3 a 0, no novo "Stade de France", com dois gols de Zidane e outro de Petit.

A trajetória francesa incluiu uma suada vitória sobre o Paraguai, nas oitavas-de-final, por 1 a 0, e a eliminação da Itália, nas quartas, nos pênaltis. Na semi, um inspirado Lílian Thuram acabou com uma das surpresas da Copa, a Croácia, do artilheiro Davor Suker, depois de fazer uma perfeita campanha na fase de grupos, a final dos sonhos foi dos anfitriões franceses contra o campeão do momento, o Brasil, que tinha derrotado o Chile, a Dinamarca e a Holanda nas eliminatórias, em 12 de julho, chegou o dia da glória, como diz o hino nacional francês La Marseillaise.

Com um gol de cabeça aos 27 minutos e outro nos minutos extras do primeiro tempo, o armador Zinedine Zidane deu dois golpes nos adversários brasileiros, dos quais não se recuperariam. Apesar de ficar com 10 homens em campo, depois da expulsão de Marcel Desailly aos 68 minutos, a fortaleza francesa não só resistiu à investida final do Brasil, mas também marcou outro gol após o contra-ataque de Emmanuel Petit no último minuto.

Tabela e jogos da Copa do Mundo

Primeira fase:

Grupo 1 – Brasil, Escócia, Marrocos, Noruega
Grupo 2 –
Itália, Chile, Camarões, Áustria
Grupo 3 –
Arábia Saudita, Dinamarca, França, África do Sul
Grupo 4 –
Paraguai, Bulgária, Espanha, Nigéria
Grupo 5 –
Coréia do Sul, México, Holanda, Bélgica
Grupo 6 –
Iugoslávia, Irã, Alemanha, EUA

Grupo 7 – Inglaterra, Tunísia, Romênia, Colômbia

Grupo 8 – Argentina, Japão, Jamaica, Croácia

Oitavas-de-final:

Brasil 4 X Chile 1
Itália 1 x Noruega 0
França 1 x Paraguai 0
Dinamarca 4 x Nigéria 1
Holanda 2 x Iugoslávia 1
Alemanha 2 x México 1
Croácia 1 x Romênia 0
Argentina 2 x Inglaterra 2
Pênaltis: Argentina 4x3

Quartas-de-final:

Brasil 3 x Dinamarca 2
Holanda 2 x Argentina 1
França 0 x Itália 0 –
Pênaltis França 4x3
Croácia 3 x Alemanha 0

Semifinais:

Brasil 1 x Holanda 1 –
Pênaltis Brasil 4x2
França 2 x Croácia 1

Disputa pelo terceiro lugar:

Croácia 2 x Holanda 1

Final:

França 3 x Brasil 0


Eliminatórias: 172 seleções
Classificados automaticamente: Brasil (último campeão) e França (país-sede)
Sede: França
Campeão: França - 1º título
Jogos: 64
Gols: 171
Média de gols: 2,67
Público: 2.785.100
Média de público: 43.517
Artilheiro: Davor Suker (Croácia) - 6 gols

O Brasil na Copa de 1998 na França: vice-campeão
7 jogos | 4 vitórias, 1 empate e 2 derrotas | 14 gols a favor e 10 gols sofridos | saldo de gols +4.
Curiosidades da Copa do Mundo

O Mundial de 1998 foi também a Copa da televisão. A audiência total dos jogos foi de 37 bilhões de espectadores, uma média de 578 milhões por jogo.

A França venceu o Paraguai com o primeiro (e único até agora) gol de ouro da Copa do Mundo da FIFA, feito aos 113 minutos, feito pelo zagueiro central Laurent Blanc.

Davor Suker (ganhador da chuteira de ouro)

O marroquino Belqola, o primeiro africano a apitar em uma final da Copa do Mundo da FIFA.

 

 

Copas do Mundo de Futebol

1930 - 1934 - 1938 - 1950 - 1954 - 1958 - 1962 - 1966 - 1970 - 1974 - 1978 - 1982 - 1986 - 1990 - 1994 - 1998 - 2002 - 2006 - 2010 - 2014 - uniformes usados pela seleção brasileira.

 

 

 

 

APRF.Turismo Contato - Mapa Site
Copyright © 2001. Todos os direitos reservados.
Revisado em: 15/12/14.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

Propaganda L3